Técnicas Osteopáticas em Ginecologia e Obstetrícia

Horas de Formação:

60 Horas. Estas horas incluem aulas presenciais, estudo acompanhado, trabalho de investigação orientado e avaliação.

Duração do Curso:

2 meses.

 

Início e Término do Curso: 
Setembro

Este produto está esgotado e indisponível.

OBJETIVOS GERAIS

Proporcionar conhecimento teórico-prático das patologias e técnicas aplicadas nas disfunções uro-ginecológicas e durante gestação, parto e puerpério.

Abordar as alterações ocorridas em pacientes com incontinência urinária, incontinência fecal e disfunções sexuais.

As técnicas que se abordam serão explicadas, demonstradas e praticadas permitindo colocá-las em prática na consulta clínica.

POPULAÇÃO ALVO

Fisioterapeutas, Osteopatas, massoterapeutas e outros profissionais de saúde.

PLANO CURRICULAR

O  curso  de Técnicas Osteopáticas em Ginecologia  e Obstetrícia  fundamenta-se  no  conhecimento anatomofisiológico da cintura pélvica e sua relação com o conteúdo vísceral.

Este  curso pretende dotar os profissionais no diagnóstico e intervenção terapêutica restauradora nos seus pacientes e ampliar os seus conhecimentos no campo das disfunções na área da ginecologia o obstetrícia e permitir a integração numa equipa multidisciplinar.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

 Aprofundar a anatomia e fisiologia dos órgãos da pélvis menor.

Conhecer as patologias que acometem a região descrevendo a fisiopatologia, manifestações clínicas, métodos de diagnóstico e abordagem terapêutica.

Conhecer a visão médica da patologia uro-ginecológica e cirúrgica.

Desenvolver a prática dos testes de diagnóstico e técnicas de tratamento osteopáticas relacionadas com as diferentes patologias uro-ginecológicas, quer por via externa como interna.

SISTEMA DE AVALIAÇÃO

 A avaliação é contínua efectuada em todas as aulas de acordo com os seguintes critérios:

  • Assiduidade: 20% da nota final
  • Avaliações teóricas: 40% da nota final
  • Avaliações práticas: 40% da nota final

No final do semestre será atribuída uma nota de 0 a 20 valores, sendo necessário um mínimo de 10 valores para aprovação.

APOIO DOCUMENTAL

O aluno terá disponível, na Secretaria ou via mail, o manual  de apoio à formação, sem prejuízo da obrigatoriedade de  consulta da Bibliografia recomendada.

Informação adicional

Local

Pólo Porto, Pólo Lisboa, Pólo Coimbra, Pólo Braga

Plano Curricular

Anatomia pélvica

Fundamentação das disfunções do assoalho pélvico

Disfunções do assoalho pélvico em gestantes e puérperas

Incontinência Urinária – Avaliação e tratamento osteopático

Fisiologia da incontinência urinária e disfunções do assoalho pélvico

Incontinência fecal, obstipação intestinal e tratamento osteopático associado

Terapia Manual

Eixo hipotálamo-hipófise-ovárico

Fisiologia do ciclo menstrual

Glândulas. Eixo-hipófise-tiróide-suprarrenais-ovário

Patologias ginecológicas e obstétricas

A fertilidade

Obsterícia (cesariana, parto vaginal)

Princípios lesionais em osteopatia

A lesão somática. A lesão fascial

A globalidade e as cadeias lesionais em ginecologia

Integração dos diafragmas e a implicação da mecânica cranial

Exploração e diagnóstico. Integração da parte estrutural-visceral-cranial

Terapêutica da globalidade. Revisão sistemática da terapia osteopática por sistemas

A história clínica em ginecologia

Anatomia interna. Abordagem dos diferentes tipos de restrições.

Libertação fascial e tecidular

Abordagem osteopática na mulher gestante

Anatomia e fisiologia da gravidez

Esterilidade e infertilidade

Patologias da mulher grávida

Patologias do sistema musculosquelético durante a gravidez

Parto normal

Puerpério normal e patologias do pós parto

Diagnóstico osteopático da mulher gestante

Técnicas osteopáticas

Formadores

Sandra Mendes

Licenciada em Fisioterapia pela Escola Superior de Saúde Vale do Sousa, Curso de Fisioterapia Manual Osteopática pela Escuela de Osteopatia de Madrid, Curso de Terapias Miofasciais Nível I e II pelo Instituto Europeu de Ensino Superior, Curso de Bandas Neuromusculares pela Peroneo.